Playlist: K-Pop

25 de março de 2015


Vocês já estão cansados de ouvir falar de k-pop aqui no blog, dessa vez resolvi fazer mais uma playlist, só com musicas nesse estilo criado na Coreia, mas que está conquistando cada vez mais o coração dos brasileiros e do resto do mundo, espero que os meus leitores k-poppers gostem :)







Música da Semana: "Tombei"

22 de março de 2015


Ainda não sei porque eu nunca falei da Karol Conka aqui no blog, levando em consideração que eu sou muito fã do trabalho dela, e que ela não é só referencia no mundo da música, como no da moda também, por isso escolhi como MDS da vez, seu mais novo single.
A música "Tombei" é um rap bem girlpower e com muita atitude, coisa que estava em falta no cenário nacional já faz muito tempo,  mas ainda bem que temos a Karol pra literalmente tombar com essa carência, juntamente com o  Tropkillaz, grupo brasileiro de música eletrônica que produziu a música.  
Sem querer também puxar muito o saco, mas devo dizer que o clipe está MA-RA-VI-LHO-SO, bem colorido, alegre e com uma direção de arte fantástica. Já tinha visto o teaser a um tempinho atras e  já esperava que ele séria esse lacre do jeito que foi, realmente um dos melhores clipes brasileiros que assisti nos últimos tempos.
Mas quero saber de vocês, o que acharam do clipe? Vou deixar ele aqui em baixo como sempre, e se você ainda não tiver assistido, corre que ta perdendo tempo.

INSPIRAÇÃO: Danilo Gusmão

19 de março de 2015


Olá galera! Estou aqui para falar um pouco sobre um guri que já é referência no mundo da moda, e além de ser muito estiloso, tive o prazer de conhecer ele a uns tempos atrás, e é acima de tudo uma pessoa incrível, super simpático e com um carisma gigantesco.
Além de ter mais de 30 mil seguidores no instagram, seu lookbook é um dos mais famosos do país, e não é por menos, já seus looks se superam a cada dia que passa, por esses e outros motivos, foi chamado para ser clicado em um editorial da loja Brutal Kill, que é uma das mais famosas lojas de moda alternativa aqui no Brasil.


Sem a menor sombra de dúvidas, ele pode sim ser considerado um ItBoy, que inspira muitos, inclusive eu, na hora de me vestir, pois como vocês podem ver, ele realmente entende de moda, e sabe se vestir como ninguém, não estão vendo esses looks de tirar o folego? 


Esses dias perguntei a ele: "como você define o seu estilo?" e ele me disse que considera como uma mistura de street com clássico e um pegada de rock 'n' roll, faz sentido não é verdade? O que acharam? fazia tempo que não comentava o estilo de uma pessoa especifica aqui no blog, pretendo fazer isso mais vezes.
Mas enfim gente, é isso. Espero que tenham gostado e não esqueçam de acompanhar o Dan nas redes sociais como Instagram e Lookbook, lá é onde ele posta todos os looks incríveis que vocês viram aqui, beijos. 

A Grande Novidade

17 de março de 2015

É assim que a Wikipedia define as bandas de influências britânicas e americanas do ano 2000 que trouxeram grandes novidades para o cenário do rock alternativo. É também como eu chamo a minha entrada aqui no controverse world, com toda a modéstia possível.

Meu nome é Iarimma, tenho 21 anos e entre conversas e cochichos pela faculdade de publicidade, o Lucas me convidou pra escrever aqui. E cá estou! Então, eu pensei bastante antes de definir o conteúdo que eu vou explorar aqui no blog. A ideia ainda não está bem definida, mas vocês vão me ver falando de tudo um pouco, desde a gafes dos famosos até indicações de filmes e músicas para baixar.
Porém meu fetiche é música mesmo. E hoje eu vou deixar pra vocês um pouquinho da história do indie rock.

A palavra já sugere ideia. Indie rock se refere às bandas que não se submetem às gravadoras e tem nos seus trabalhos a essência de suas compisições sem nenhum "dedo" de empresários influenciando no processo musical, deixando mais bonitinho aqui ou ali ou até mesmo mais pop pra que atinja maior público ou que fique no topo das paradas.

Quando chegou ao brasil, principalemente ao bombar na internet, foi um estouro. Todo mundo queria saber de onde vinha tanta sonoridade naquelas bandas que eram realmente novas. É claro que tudo surge através de algo ja preexistente, como o indie rock tem muita influência do rock aleternativo. Mas oque dizer da criatividade dos meninos do Arctic Monkeys com o Whaterver People Say I am, That's What I'm not? Aquilo era novidade pura por volta de 2007, 2008!


(Ja cansaram desse disco? Comentem aí! A evolução do AM é muito legal.  Ps: Eu sou fã, então não poderia deixar de colocar na minha primeira postagem, rsrs)

Vale lembrar que o termo é totalmente britânico e tem origem na decada de 80. São dessa época bandas com sons bem distorcidos, sujos mesmo. Daí, salvo The Smiths, que apesar de ter letras tristes, tem um som bem legal e  é uma banda muito disseminada hoje em dia. Fica bom naquele rock com os amigos! Ah, e Dinossaur jr, uma banda que conheci naqueles tracks da mtv que passavam de manhã cedinho, muito calmo e gostoso de ouvir, recomendo pra galera que curte uns rolé de skate.


(uma da preferidas)

Ainda não acabou, prometo voltar ao tema.  Mas por hoje fiquem com uma inpiração do dia (pra puxar o saco).



Música da Semana: "Bullet Train"

16 de março de 2015


Olá galera! Sei que esqueci de fazer o MDS semana passada, vocês me desculpam? É que fiquei sem tempo por causa da faculdade, que inclusive, estou amando, caso vocês queiram saber (acho difícil). Mas enfim, vim aqui falar de uma música que estou escutando muito ultimamente. Ela é bom 'flopzinha' mas é boa de qualquer jeito, já que não ligo muito pra isso.
Do DJ Stephen Schwartz em parceria com a cantora Joni Fatora, "Bullet Train" é a primeira obra que eu ouvi de ambos, e devo dizer que tive uma ótima primeira impressão, pois a música é bem do jeito que eu gosto, começa bem lenta e tem um explosão eletrônica um tempo depois, sempre acho isso incrível, e dessa vez não foi diferente. 
Embora ser bem eletrônica, a voz da Joni é bastante singular, e casou perfeitamente com a batida dançante, que curiosamente, quando mostrei para minha amiga, ela me disse que super soa como uma música para se ouvir quando se está fazendo sexo, depois de ouvir pensando nisso que ela falou, até que faz sentido, o que vocês acham?